Apple celebra o mês da História Negra com uma série de lançamentos especiais

apple_celebrates-blackhistorymonth_012621_big-jpg-large_-3878216

Em fevereiro, a maçã destaca autores e artistas negros em suas plataformas, além de apoiar instituições que promovem justiça racial nos Estados Unidos.

apple_celebrates-blackhistorymonth_012621_big-jpg-large_-3878216

A Apple anunciou recentemente uma coleção especial para comemorar o Mês da História Negra, celebrada nos Estados Unidos em fevereiro. Batizada de Black Unity, a nova linha da maçã inclui uma edição limitada do Apple Watch Series 6, a pulseira Black Unit Sport Band e um mostrador do relógio Unity. A companhia também está apoiando 6 organizações que lutam por justiça social e igualdade racial nos EUA.

A versão comemorativa da pulseira é inspirada na bandeira pan-africana e traz as palavras “verdade, poder e solidariedade” gravas a laser no interior. A identidade visual foi desenvolvida em conjunto com lideranças negras a fim de homenagear aqueles que ajudaram a construir a nação. A novidade chega ao mercado norte-americano no dia 1º de fevereiro.

“A Black Unity Collection homenageia a rica tradição e o artesanato da comunidade negra, celebrando as cores da bandeira pan-africana: vermelho pelo sangue que une os povos na diáspora africana e foi derramado pela sua libertação, preto pelas pessoas cuja existência é afirmada pela bandeira e verde para a riqueza natural vibrante da África, a pátria”, resume a Apple.

Além do novo modelo do smartwatch, a Apple preparou outras novidades para colocar em evidência pautas sociais.

apple-watch-9434999
Foto: Divulgação

Apple News

apple-news-9891890

A Apple separou uma seção especial no app sobre diversidade racial na América do Norte. A maçã também anunciou uma collab Apple News + Spotlight com podcasts que discutem igualdade racial e celebram a cultura afro-americana. 

Os leitores podem se aprofundar em outros assuntos visitando o Racial Justice Spotlight, uma seleção de artigos sobre educação antirracista, ideias para contribuir com a sociedade, etc. 

Apple Books

apple-books-9858373
Foto: Divulgação

Obras de escritores negros ganharão destaque no aplicativo da maçã. Os leitores serão incentivados a explorar livros e audiolivros de diversos gêneros, como ficção, história, biografia e literatura infanto-juvenil. Quem quiser ficar por dentro dos últimos títulos das livrarias, uma boa notícia: a Apple anunciou que incluirá um recurso especial para que novos autores negros, como Jordan Ifueko e Robert Jones Jr debatam sobre suas obras recentes.

A Apple se une ao grupo de design It’s Nice That para celebrar a importância da criatividade para a sociedade. Nessa saga de conhecimento, mais de 20 artistas compartilharão suas habilidades em uma série de lives intituladas Novo Mundo. A curadoria do projeto é da escritora Kimberly Drew, que vai moderar as sessões lideradas por criativos negros. Para se inscrever, clique aqui

today-at-apple-8673910
Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *