Pesquisa conclui que Android compartilha até 20 vezes mais dados do usuário com o Google do que o iOS com a Apple

applevr_1-1024x698-1

Estudo foi conduzido por um professor de ciência da computação do Trinity College Dublin

Publicado em: 26/04/2021 , por Casa do iPhone

Ter privacidade em um era tão digital em que compartilhamos os mínimos detalhes de nossas vidas parece ser um sonho utópico. Ainda assim, a quantidade de dados que cada usuário de smartphone produz diariamente ao postar uma foto, enviar uma mensagem ou simplesmente ligar o GPS, é assustadora. Um estudo conduzido por um professor de ciência da computação do Trinity College Dublin mostrou que celulares Android coletam cerca de 20 vezes mais dados sobre seus usuários do que um iPhone.

O estudo foi repercutido pelo site americano Apple Insider. De acordo com Doug Leith, presidente de sistemas de computação da instituição, tanto o iOs quanto o Android compartilham continuamente os dados de telemetria (tecnologia que permite monitoramento remoto) com a Apple e com o Google, respectivamente. Ainda assim, o estudo concluiu que celulares Android compartilham 20 vezes mais dados do que os iPhones.

Doug utilizou um iPhone 8 com iOS 12 e um celular com Android 10 para realizar os testes. Ao analisar os resultados, ele percebeu que o Android envia 1 MB de dados até mesmo quando o usuário desliga o celular, enquanto o iOS envia 42 KB. Após 12 horas inativo, o Android ainda envia 1 MB aos servidores, enquanto o iPhone 8, 52 KB.

Estima-se que o Google colete 1,3 TB de dados a cada 12 horas, apenas nos Estados Unidos. A Apple, no entanto, receberia 5,8 GB no mesmo período. Ainda que a diferença seja enorme, Leith pontua que ambos os sistemas operacionais coletam uma grande quantidade de dados, incluindo ações do dia a dia, como inserção e remoção do chip. A Apple não comentou o assunto, enquanto o Google rebateu a pesquisa, dizendo que metodologia utilizada pelo estudioso para medir o volume de dados é falha.

Mas, afinal, por que a Apple e o Google se importam se seu celular está desligado ou se você trocou o chip? Bem, muitas coisas ainda parecem obscuras para usuários comuns que não possuem uma visão ampla do contexto tecnológico, mas sabe-se que nenhum dado é coletado por acaso, juntos, o compilado de números vira padrões e estatísticas, que ajudam o mercado a entender os hábitos e preferências de usuários como você e eu. Pode apostar que tudo é convertido em cifras milionárias, sejam em novos produtos e serviços gerados por insights, ou mesmo em publicidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *