Os rumores mais prováveis sobre o iPhone 13

photo-1563203369-26f2e4a5ccf7

O novo smartphone da Apple será lançado entre setembro e outubro

Todos os anos a imprensa de tecnologia e os entusiastas do universo da Apple formulam teorias e especulam como serão os próximos lançamentos da gigante, mas a atenção costuma ser majoritariamente voltada para um eletrônico em específico: o iPhone. Em 2020, a Apple apresentou ao mundo a família de iPhones 12 em outubro, rompendo a tradição de apresentá-lo em setembro. 2020 foi um ano atípico, o que alterou o calendário da maçã. Ainda não se sabe se a Apple mostrará suas novidades em setembro ou se repetirá a fórmula do ano passado.

Como se chamará o próximo iPhone?

Embora a californiana não tenha falado sobre datas e nem mesmo dado dicas sobre seu próximo modelo, muitos rumores invadiram a internet nos últimos meses. o primeiro, e mais curioso, é sobre o nome do carro-chefe da Apple: Ele trará o número 13, seguindo a ordem cronológica dos outros smartphones, ou a Apple vai pular o número associado à má sorte e optar pela superstição? Há, inclusive, quem aposte num salto para o iPhone 14!

Design

Esse também é um ponto muito relevante e alvo de muitos rumores. No geral, a Apple costuma usar os mesmos elementos a fim de fortalecer o design por meio de repetição. Ao longo da história dos iPhones, as mudanças foram singelas e tudo indica que as do próximo modelo também serão.

Os iPhones 12 trazem bordas mais quadradas, uma referência aos longínquos iPhones 4 e 5, então é provável que o próximo smartphone mantenha os mesmos elementos de design, já que mudanças muito importantes não costumam acontecer em um intervalo inferior a 2 anos.  Alguns rumores sugerem que o entalhe do topo da tela seja reduzido nas próximas versões. Os analistas mais ousados apostam em um smartphone sem nenhum recorte. Basta saber onde a Apple colocaria o Face ID.

Display

Os iPhones Pro e Pro Max devem chegar ao mercado com uma tela Oled de 120 Hz e com tecnologia LTPO (que otimiza o gasto da bateria).De acordo com o jornal koreano The Elec, a Samsung já iniciou a produção do display dos próximos iPhones da Apple.

A tecnologia é um dos atrativos da nova geração de smartphones da californiana. Os iPhones 13 Pro e 13 Pro Max  devem receber uma taxa de atualização de 120 Hz, o que também melhora a experiência dos amantes de jogos online, pois torna os gráficos mais reais e as cores mais vibrantes.

A Apple tem se esforçado para otimizar o desempenho da bateria. O LPTO, é mais um recurso que confirma a intenção da companhia em aumentar a durabilidade da carga. Elenão é novidade, já foi utilizado por outras gigantes de tecnologia e até mesmo nos smartwatches da Apple para ajustar a taxa de atualização. Quando a tela fica ativa por muito tempo, essa taxa fica mais baixa. De acordo com rumores sobre o iPhone 13, a intenção é implementar a tecnologia nos iPhones para, assim, poupar a bateria.

Bateria mais duradoura

A bateria é o grande ponto fraco dos iPhones. Os mais recentes um pouco melhores neste quesito, mas até aqui, nada que tenha satisfeito grande parte dos usuários. Mas, com o iPhone 13 tudo pode mudar. É o que indica um rumor divulgado na rede social chinesa Weibo e posteriormente confirmado pelo leaker l0vetodream em sua conta no Twitter.

De acordo com os rumores mais confiáveis, as baterias da nova família de smartphones da maçã deve ganhar um upgrade. O iPhone 13 Pro Max deve ser equipado com uma bateria de 4.352 mAh, uma diferença considerável em relação à capacidade energética do iPhone 12 Pro Max: 3.687 mAh.

A melhoria na capacidade da bateria também se estende aos outros modelos, já que o iPhone 13 e o 13 Pro devem ser equipados com uma bateria de 3.095 mAh e o iPhone 12, com uma bateria de 2.406 mAh.

 Os smartphones da californiana devem ficar mais grossos para acomodar a bateria, um pouco maior que a usada em versões anteriores. Parece que finalmente os usuários do iPhone poderão sair de casa sem se preocupar em levar o carregador na bolsa!

Conectividade

Os iPhones 12 são os primeiros da Apple a receber tecnologia 5G. A próxima geração certamente será dotada com o mesmo recurso, o que eleva a navegação do usuário a outro patamar. Também há uma grande possibilidade de o smartphone ser equipado com o chip A15. Neste grande mar de rumores, um é certeza: os aparelhos chegam aos usuários com o iOS 15, versão atualizada do software da maçã.

iOS 15

E por falar em sistema operacional, o iOS 15 traz algumas melhorias bem interessantes para os usuários. Já falamos sobre as mais legais aqui Vale lembrar que a versão final ainda não chegou aos usuários, a maçã liberou essa semana a versão Beta 3. O iOS 15 traz, principalmente,  alguns ajustes e correções de bugs.

Agora será possível, por exemplo, fazer chamadas de vídeo via FaceTime compartilhando um link de acesso para usuários que não utilizam aparelhos da Apple. Esse é o primeiro passo da Apple para ganhar uma parcela que está mais adaptada aos recursos dos concorrentes, como Zoom, Skype e Google Meet.

A pandemia definitivamente alterou muitos padrões e fez com que a californiana pensasse em funcionalidades mais atraentes para seus atuais clientes e seus potenciais clientes. A Apple está, de fato, investindo no FaceTime. A atualização também permite que o usuário compartilhe a tela com outras pessoas durante a chamada de vídeo, o que é muito útil em reuniões corporativas, por exemplo.

Uma das maiores mudanças é o novo Safari, que foi completamente redesenhado para oferecer nova experiência para usuários do iPhone. A aparência tem causado reações mistas na comunidade, com críticas e aplausos ao trabalho da Apple.

Neste beta 3, a barra de endereços fica localizada na parte inferior do iPhone, o que pode assustar quem já estava acostumado com o posicionamento antigo. Embora isso já ocorresse nos betas anteriores, antes ela voltava para a parte superior ao ser acionada — e isso confundiu muita gente. Agora, ela vai ficar na parte inferior da tela, logo acima do teclado.

O Safari também foi redesenhado. Essa é a primeira grande mudança no navegador da Apple! Agora a barra de endereços fica na parte inferior da tela. De acordo com a Apple, o novo design foi pensado para aproveitar ao máximo o espaço da tela. O recurso tem tudo para causar estranheza em muitos usuários que já estão devidamente adaptados ao design usual.

Sensor LiDAR

Mês passado surgiram boatos de que a família de iPhones 13 (vamos chamá-lo assim por aqui) seria equipada com um sensor LiDAR, tecnologia utilizada para diversos fins, como medição de locais e detecção de objetos.

O sensor equipa o iPad Pro, o iPhone 12 Pro e está presente em outros smartphones e em consoles de videogames. De acordo com o analista da Apple, Dylankdkt, a tecnologia continuará a equipar apenas o modelo Pro do smartphone. Em sua conta no twitter , ele explicou que a Apple pretendia lançar todos os smartphones com o sensor, mas que por algum motivo isso não acontecerá este ano.

Câmera

Por incrível que pareça, os principais analistas da Apple ainda não divulgaram muitos materiais sobre as possíveis atualizações nas câmeras dos novos iPhones. Há, no entanto, a possibilidade dos novos modelos, desde a versão de entrada, serem equipados com o recurso de estabilização de imagem, como no iPhone 12 Pro Max.

Tudo indica, também, que a Apple colocará um ponto final no sofrimento dos amantes de astrologia. Isso porque a nova família deve chegar ao mercado com um recurso de astrofotografia automática, o que garantirá ótimas fotos do céu estrelado e até mesmo da lua. Mas, como frisamos no começo deste artigo, são apenas rumores, mas que adoraríamos que fossem confirmados, né?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *